Patrícia Sena faz parte dos 55 mil profissionais da contabilidade registrados e habilitados para exercer a profissão no Estado do Rio de Janeiro

Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro – criado pelo Decreto-lei 9.295/46

De acordo com o art. 10 do Decreto-Lei nº 9295/46 e a Resolução CFC nº 560/83, todos os Profissionais da Contabilidade que exerçam a profissão têm a obrigatoriedade de registro e habilitação perante o CRCRJ. Ele é subordinado ao Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e compõe o sistema CFC/CRCs, ao lado dos outros conselhos regionais. Sua jurisdição abrange todo o Estado do Rio de Janeiro. Sua atuação se baseia em três pilares: a fiscalização do exercício da profissão contábil; o registro de profissionais da contabilidade e escritórios contábeis; e o desenvolvimento profissional dos mesmos.

“Patrícia Sena, como filha de militar, preserva os valores éticos e morais fortemente alicerçados em sua essência. Coopera para o bem comum nas instituições civis de representatividade militar que participa.”

Associada a:

 

Associação Nacional dos Veteranos da FEB – Casa da FEB Fundada a 16 de julho de 1963

Associou-se à Casa da FEB, uma grande organização patriótica e cívica (Fundada a 16 de julho de 1963) cujos objetivos precípuos é relembrar os fatos da FEB e ex-integrantes da FEB, FAB (1º Grupo de Caça), e das enfermeiras que participaram das operações militares na Itália, durante a 2ª Guerra Mundial, bem como, dar assistência aos pracinhas e familiares em seus direitos.

 

Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – Fundada em 7 de dezembro de 1951

Associou-se a ADEGS após cursar o XLIII CEPE – Curso de Estudos de Política e Estratégia no ano de 2017. A ADESG proporciona conhecimento doutrinário da ESG – Escola Superior de Guerra e multiplica a prática da Cidadania e da Nacionalidade por todo o Brasil.

 

Abrigo do Marinheiro (AMN) – Criado em 1919

Associou-se à Associação do Abrigo do Marinheiro, que surgiu para atender a dificuldades enfrentadas pela Família Naval após a Primeira Guerra Mundial. Utilizando os serviços, Patrícia Sena contribui para manutenção de Projetos Sociais feitos sob medida para Militares, Servidores Civis e seus dependentes.  Hoje, a associação visa prestar assistência com o que há de melhor em serviços e benefícios para toda a Família Naval.

 

Patrícia Sena no viés do empreendedorismo em Contabilidade Envolvida com a causa de contadores e empresários do Brasil Participa de instituições em busca de conhecimento e prática corporativa na gestão empresarial e Tributária.

 

Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade nasceu em 1968

Associou-se a ANEFAC que começou como um braço internacional, restrita a poucos profissionais, hoje reúne 1,6 mil associados – uma trajetória de evolução, marcada por continuidade, persistência e consistência, que formam a base de um futuro promissor.

 

Associação Comercial do Rio de Janeiro – 209 anos de representatividade e liderança

Associada a mais antiga entidade de representação civil do país cumprindo o papel de ser o melhor lugar do Rio de Janeiro para fazer negócios. Órgão Técnico e Consultivo do Governo Federal, presta grande serviço também ao país no estudo, debate e apresentação de soluções para os problemas que se relacionam à economia nacional, de acordo com o Decreto Federal n.º 6348 de 26/09/1940, assinado pelo então presidente Getúlio Varga. Consolida-se como berço de iniciativas, que colaboram para a efetivação da democracia, da cidadania e do desenvolvimento econômico do país, promovendo seminários, palestras e debates com autoridades e especialistas de diferentes setores da economia.

Associação dos Empregadores Domésticos do Município do Rio de Janeiro

Associada a essa instituição, que foi criada após a Emenda Constitucional Nº 72/13 (que alterou a redação do parágrafo único do Art. 7º da CRFB) para estabelecer a igualdade de direitos trabalhistas entre os trabalhadores domésticos e os demais trabalhadores urbanos e rurais. Nasceu para consolidar os direitos e deveres mútuos existentes nas relações de trabalho doméstico, orientando os Empregadores Domésticos para o efetivo cumprimento da legislação trabalhista aplicável nessa relação empregatícia.

Classe contábil:

 

Sindicato dos Contabilistas do Município do Rio de Janeiro – Desde 1916

Mais de 100 anos aprimorando, defendendo e incentivando a prática contábil íntegra, confiável e precisa sem perder de vista a luta incansável pelos direitos do trabalhador. Atento à necessidade de se criar um curso de grau superior, o Sindicato dos Contabilistas do Rio de Janeiro, que já mantinha a Escola Técnica Comercial funda a Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas Moraes Júnior, inaugurada em 25 de abril de 1964, como parte da comemoração do Dia do Contabilista, pelo Professor Píndaro José Alves Machado Sobrinho.

 

União dos Profissionais e Escritórios de Contabilidade do Estado do Rio de Janeiro – Inaugurada em 31/01/1964

Com a mudança da Capital Federal para Brasília, surgiu o Estado da Guanabara e, os profissionais da contabilidade foram surpreendidos com a publicação da Lei nº2 de 02/05/60, que os proibia de exercer atividades junto a quaisquer repartições públicas, ficando estes exercícios a cargo de um advogado, um despachante ou o próprio interessado. A reação foi imediata por parte de alguns escritórios que desfecharam memorável campanha contra esta lei. Como resultado, em setembro do mesmo ano, foi sancionada a Lei nº13, restituindo aos profissionais da contabilidade o direito inquestionável de acesso às repartições Estaduais e Municipais.

 

Sindicato dos contabilistas do Município de Niterói

Representatividade em Niterói, o SINDON Promove o reconhecimento dos entes Públicos, de que a Contabilidade e seus profissionais, são agentes, primordiais a arrecadação e ao desenvolvimento Social. Qualidade e excelência para nossos Colegas da Profissão Contábil promovendo cursos, palestras e encontros que possam, facilitar o exercício da profissão, Representar a categoria juntos aos Poderes constituídos e facilitar a comunicação com o profissional.

 

O Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Estado do Rio de Janeiro – Desde 1987

Obteve a carta sindical, reconhecida pelo M.T.B. em 15 de maio de 1987 e inscrita no C.G.C. M.F. sob o nº 31.248.933/0001-26. Em 23 de janeiro de 1996 foram incluídas as Categorias Econômicas “Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas, passando o sindicato a denominar-se “SINDICATO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS, ASSESSORAMENTO, PERÍCIAS, INFORMAÇÕES E PESQUISAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO”.

 

O Instituto Sescon-RJ foi criado como um braço de capacitação profissional direcionada a divulgação do conhecimento técnico do Empresário Contabíl do Município do Estado do Rio de Janeiro.